sábado, 14 de novembro de 2009

Curso de Aprofundamento em Defesa Civil e RENER

Companheiros e Companheiras Radioamadore(a)s,

Pelos poderes que me foram instituídos pela LABRE FEDERAL pelo Ofício nº049/DE/2006 de 15 de novembro de 2006;

Pelo que tange a Portaria Ministerial nº 331, de 07 de agosto de 2009 do Ministério da Integração Nacional;

CONVOCO todos os voluntários da Rede Nacional de Emergência de Radioamadores do Estado do Espírito Santo e

CONVIDO os demais radioamadores de terras capixabas a participarem do Curso de Aprofundamento em Defesa Civil e RENER a ser realizado no dia 05 de dezembro de 2009, de 08:00h às 12:00h, no Auditório do Quartel do Corpo de Bombeiros, à Rua Ten. Mário Francisco de Brito, 100, Enseada do Suá, Vitória - ES, ao lado da Assembléia Legislativa do Estado do Espírito Santo.

Este Curso tem como objetivo capacitar os voluntários e futuros voluntários da RENER-ES para ação em casos de Emergência e Ativação da RENER. As inscrições poderão ser feitas a pedido ou pelo BLOG da RENER-ES: http://rener-es.blogspot.com até o dia 30 de novembro do corrente ano para organização e dimensionamento do curso.

Nos encontramos lá.

Cordialmente,

Renan de Almeida - PU1ARE
Estação RENER Coordenadora Estadual do Espírito santo
Diretor de Assuntos de Defesa Civil da LABRE-ES
msn: renanalmeida@hotmail.com
skype: pu1are
TEL: 27-99998525 e 27-33396953
Rádio: 146610 - PP1GEC

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Saiu no jornal....

Jornal Tendências da Faculdade Faesa, jornal mensal, mês de outubro, ano 2008.

Chuvas na Grande Vitória

Está no blog da RENER-ES reportagem sobre as chuvas na Grande Vitória.
.
http://rener-es.blogspot.com

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

NÃO COMPREM A INTERNET DA INTERVIP!!!!

INTERVIP PREJUDICA O RADIOAMADORISMO:

Através da denúncia abaixo, vocês poderão saber o que acontece comigo. Denúncia cadastada sob o número 1314485 - 2009


"Sou radioamador e sofro interferências em todas as bandas de HF de 160 a 10 metros causadas por equipamento de internet wireless instalado em meu condomínio ao lado de minha antena.

Entrei em contato com a empresa pretadora do serviço (Intervip Networks Ltda, telefones 4009-9119, 4009-9100) sediada na Av. Luiz Manoes Velozzo, 102, Praia de Itaparica, Vila Velha, ES reclamando do fato. Eles ignoraram minhas considerações e apenas informaram que estão aptos a prestarem o serviço e lamentam o que ocorrem. Essa interferência começou no início de 2009 com a instalação de novo equipamento (bullet) que até duvido que seja homologado pela Anatel. Antes deste equipamento novo, não tinha interferência.

Sou um dos primeiros moradores do condomínio, minhas antenas estão desde a entrega do condomínio e a internet chegou a pouco tempo. Deveria ser respeitado pela empresa, pois "cheguei primeiro", por ser morador antigo e por ser radioamador (serviço de utilidade pública). Como o serviço de radioamador é tido como de utilidade pública, solicito a anatel que compareça à minha estação para constatar a interferência causada por esse equipamento e que solicite à empresa que cesse a interferência.

Volto a frizar que ela já operou aqui sem interferência alguma, e que isso começou com a instalação de novos equipamentos (foto anexada). Gostaria que essa situação fosse resolvida sem a necessidade de intervenção judicial contra a empresa, mas se for o caso infelizmente terei que recorrer à essa esfera Desde já agradeço a atenção e coloco-me à disposição para quaisquer esclarecimentos."









quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Conferência *RENER-ES* e Repetidor PP1GEC-R


Secretaria Nacional de Defesa Civil
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil - ES
Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão
Rede Nacional de Emergência de Radioamadores - RENER
Estação RENER Coordenadora Estadual do Espírito Santo
Vila Velha, 22 de outubro de 2009.

Of. Nº 02/09
Assunto: Conferência *RENER-ES* e Repetidor PP1GEC-R
Amigos Radioamadores,
É com a sensação do dever cumprido que disponibilizamos à comunidade radioamadorística em caráter definitivo a Conferência RENER-ES e o Repetidor PP1GEC-R no sistema Echolink, ligados à Estação Repetidora PP1GEC – 146610, com cobertura da Grande Vitória e boa parte do litoral e região serrana de nosso Estado. É uma área de aproximadamente 41.000 Km².
Este feito é o resultado do esforço do Grupo Expedicionários Capixabas em Rádio Emissão – GECRE, em conjunto com os companheiros radioamadores que auxiliaram nas mais diferentes tarefas em prol de nosso repetidor e a partir da idéia de montarmos uma rede em apoio à Rede Nacional de Emergência de Radioamadores do Estado do Espírito Santo.
Hoje nosso repetidor é reconhecido até por companheiros de outros estados e com esta nova função poderá atender radioamadores que estejam interessados em efetuar contatos com a Grande Vitória e fazer uma ponte ante a dificuldade geográfica e os limites do alcance das estações de VHF.
Temos no momento um link em Campos dos Goytacazes – RJ repetindo o sinal de nossa Conferência/Repetidor. Agradecemos aos companheiros daquela cidade que entenderam o projeto e aceitaram o convite de proporcionar mais esta ponte.
O intento final é poder interligar o Estado e suas zonas limítrofes num único sinal regional. Agregar valores e estabelecer novos laços de amizade e partilha. Afinal a RENER tem como objetivo oferecer um serviço voluntário de qualidade à população que, em momentos de desastre, precisam de conforto e respostas imediatas às suas necessidades. Podemos contribuir para este ideal.
Para tanto solicitamos aos companheiros o devido zelo para com o repetidor. Ele é o espelho de cada um de nós e é o espelho do radioamadorismo capixaba. A ética operacional, a camaradagem e a sua boa utilização são fundamentais para que nós radioamadores e a própria RENER sejam respeitados e acreditados como instituições de auxílio à sociedade.

Faça parte deste time! Faça bom uso deste sistema! Parabéns a todos!
Renan de Almeida – PU1ARE
Estação RENER Coordenadora Estadual do Espírito Santo
Diretor de Assuntos de Defesa Civil da LABRE-ES
Grupo Expedicionários Capixabas em Rádio Emissão
Mantenedor da PP1GEC, PP1GEC-R e *RENER-ES*

Av. Santa Leopoldina, S/N, Cond. Vila Mar, Ed. Jade, ap 402, Coqueiral de Itaparica, Vila Velha – ES CEP: 29102-906 Tel: 27 - 33396953 e 27 - 99998525

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Carteirinhas e Recadastramento RENER-ES

Vila Velha, 19 de outubro de 2009.

Prezado Coordenador Nacional da RENER – Sr. Paulo Cesar Santos e
Prezados Companheiros Voluntários da RENER-ES,

Faço pelo presente os seguintes esclarecimentos sobre as carteirinhas da RENER-ES:

I – No dia 15 de agosto do corrente ano, conforme conversa ao telefone com o Coordenador Nacional, solicitei via rádio, e-mail e blog da RENER-ES aos voluntários o recadastramento de seus dados junto à Defesa Civil Nacional, apesar do site não possuir formulário para recadastramento até a data em análise;

II – Destaquei, conforme conversa ao telefone com o Coordenador Nacional, que o não recadastramento implicaria em complicações para a atualização da carteirinha da RENER;

III – Informei, conforme conversa ao telefone com o Coordenador Nacional, que somente seriam renovadas carteirinhas que fossem devolvidas a mim, para tanto disponibilizei novamente os meus já conhecidos contatos de telefone e e-mail, de forma a garantir o melhor atendimento aos voluntários;

IV – Solicitei aos responsáveis pelo cadastramento de outros voluntários que os incentivassem a atualizar seus próprios dados, de forma a torná-los autônomos pelos próprios cadastros;

V – Solicitei aos voluntários da RENER-ES que auxiliassem no repasse destas informações aos demais voluntários;

VI – Coloquei como data limite para a atualização dos dados e entrega das carteirinhas o dia 30/08, no entanto até o presente momento, apenas 18 voluntários devolveram suas carteirinhas;

VII – Neste ínterim indaguei ao Coordenador Nacional se eu poderia devolver as carteirinhas na Defesa Civil Estadual, que me respondeu negativamente, tendo que enviá-las ao Ministério da Integração Nacional – Brasília;

VIII – Contanto que este é um serviço voluntário (não recebo salário) e que não preciso (nem devo) ficar lembrando as responsabilidades dos voluntários desta Rede de Emergência de Radioamadores, para evitar qualquer constrangimento a mais, prorroguei e prorrogarei até 27 de outubro de 2009, impreterivelmente, a entrega das carteirinhas e atualização dos dados de nossos voluntários;

IX – As carteirinhas serão entregues em mãos ao Senhor Paulo Cesar Santos, em envelope lacrado, em sua sala, por pessoa de minha confiança;

X – Solicito novamente aos companheiros voluntários que nos auxiliem nesta empreitada. Afinal o mais importante desta rede é a potencialidade de nossos radioamadores em nos organizar por uma causa tendo como objetivo servir, servir e servir.
Sem mais para o momento, agradeço a atenção, colocando-me à disposição para quaisquer dúvidas.

Atenciosamente,

Renan de Almeida – PU1ARE
Estação RENER Coordenadora Estadual do Espírito Santo
Diretor de Assuntos de Defesa Civil da LABRE-ES
http://rener-es.blogspot.com
renanalmeida@hotmail.com
27-99998525 e 27-33396953
146610 Repetidor PP1GEC em apoio à RENER-ES


Listagem geral de radioamadores residentes no estado de ES

Nome Indicativo Classe Telefone E-mail Principal Atividade

1 ADEMIAS FRANCISCO DE OLIVEIRA ZZ1AFO D (27) 30741271 ademiasfrancisco@uol.com.br TEC. EM INFORMÁTICA

2 ALESSANDRO DA SILVA ALVES PU1ADS C (27) 33699036 nogueira_mendes@ig.com.br Segurança

3 ALOÍZIO VIDAL VANTIL PU1ALO C (28) 35225517 grempaz@hotmail.com Rádio técnico

4 AMARO DUTRA DE OLIEIRA ZZ1ADO D (27) 32517906 wagemacher@gmail.com.br Eletricista

5 ANNANIAS DE DEUS SILVA PU1HDS C (27) 32891636 zz1ads@hotmail.com

6 ANTONIO PEREIRA FILHO PU1APF C (27) 33237207 candeiasdias@gmail.com APOSENTADO

7 BENEDICTO HYGINO THOMY COITINHO PP1BT A (27) 33260086 bianca_feitosa@hotmail.com APOSENTADO

8 CLAUDIO SOARES DE ALMEIDA PP1ESH B (27) 3262-7399 pp1esh@yahoo.com.br o radioamadorismo e a informatica

9 CLEBER MAGNO ALEXANDRE PU1CMA C (27) 30390200 clebermagno@gmail.com Tecnico Operador de sistema eletrico

10 CLEIDSON ROSA MARCEELINO ZZ1ABC D (28) 35184226 cledson@ciops.com.br CHEFE DE TELECOMUNICAÇÃO PMCI

11 CRISTIANO MENDES NOGUEIRA PU1CMN C (27) 33914955 nogueira-mendes@ig.com.br AUCILIAR TÉCNICO

12 CRISTIANO WESTPHAL MOREIRA PU1CWM C (27) 33237330 Labre

13 DILMAR RANGEL DA SILVA PP1DRS B (27) 30339668 pp1drs@hotmail.com Motorista Autônomo

14 DIVINO ANASTACIO DE PAULA PU1DAP C (27) 30332874 nogueira10@gmail.com AUTONOMO

15 EDUARDO BORGES JUNIOR PU1DXN C (27) 32995583 zz1ebj@terra.com.br EMPRESÁRIO DO RAMO GRÁFICO

16 ELISEU PEREIRA PP1NY A (27) 33490768 pp1ny@hotmail.com FUNCIONÁRIO ECT

17 ELIZEU BATISTA DE SOUSA PP1EB B (28) 35178324 grempaz@hotmail.com Militar

18 GOMERCINO PEREIRA PEREZ PP1PV B (27) 32332346 candeiasdias@gmail.com TIMONEIRO

19 HEITU ALVES DE ASSIS JUNIOR PU1HJR C (27) 33731777 heitujr@ig.com.br tecnico-telecomunicação

20 HENRIQUE LESQUEVES BERMUDES PU1HLB C (27) 32898333 ZZ1HLB@HOTMAIL.COM Segurança privada

21 HUGO MINORO EMILIÃO OIKO PP1HO A (27) 32252294 salaobia@globo.com TEC. ELETRONICO

22 IZAIAS ALMEIDA DE OLIVEIRA PU1DSY C (027) 32817996 zz1btm@gmail.com

23 JEFERSON MESQUITA DA SILVA PU1JMS C (21) 36392270 jefersonmesquita@oi.com.br Motorista

24 JIVAGO VAZZOLER DE NADAI ZZ1DND D (27) 32999071 jivagies@hotmail.com ADMINISTRAÇÃO

25 JOAQUIM SILVESTRE DURÃO PP1QD A (27) 32641071 molaslinhares@cdlvirtual.com.br Motorista

26 JORGE LUIZ BARBOSA ROCHA PP1RB B (28) 35228312 rrjo@ig.com.br MILITAR REFORMADO

27 JOSE LUIZ MAIN DA CUNHA PU1AGS C (27) 32255202 pu1ags@ig.com.br PROGRAMADOR DE SERVIÇOS DE MANUTENÇAO

28 JOUBERT BRANDINO PU1BRD C (27) 33361628 pu1brd@gmail.com

29 LOSE CARLOS QUARESMA DE JESUS PU1AHS C (28) 35227893 pu1ahs@hotmail.com comerciante

30 MATHEUS CORTELETTI POSSATTI PU1CPM C (27) 33495467 matheus_cp7@hotmail.com ESTUDANTE

31 OCTAVIO FERNANDES DA SILVEIRA PU1WOS C (21) 37136361 silveira.octavio@htmail.com

32 PEDRO GOMES LEAL PU1DPL C (27) 32411191 candeiasdias@gmail.com APOSENTADO

33 QUERINO FARDIN PP1GF B (27) 32421173 candeiasdias@gmail.com Aposentado

34 RAFAEL DAMASCENO CALDEIRA PU1RDC C (22) 27258204 pu1rdc@hotmail.com motorista

35 RENAN DE ALMEIDA PU1ARE C (27) 33997952 renanalmeida@hotmail.com Trabalhador portuário avulso

36 RICARDO TOLENTINO PP1BRT B (27) 30745174 ppt1brt@hotmail.com TRANSPORTE

37 SIDNEY FERREIRA GIRELI PU1GFS C (27) 32358144 sidneygireli@hotmail.com SEGURANÇA

38 VALCY JOSÉ MAIA PP1VM B (27) 32434198 vjmaia@uol.com.br APOSENTADO

39 VALTER ARAUJO PP1LY B (27) 33376091 ZZ1HLB@HOTMAIL.COM

40 VERA LUCIA LACERDA DA SILVA PU1ALS C (27) 32416755 candeiasdias@gmail.com DO LAR

41 VICENTE CAMILO DA SILVA PP1VCS B (27) 35180404 candeiasdias@gmail.com ELETRICISTA

42 WAGNER PEDRO DE MELLO PU1WPN C (21) 33867013 pu1wpn@click21.com.br

43 WALTENCYR JORGE SIMOES PP1DSN A (027) 32295654 waltensimoes@ig.com.br inativo da PMVV

44 WELINTON WAGEMACKER PU1ABD C (27) 32916217 wagemacker@gmail.com AUXILIAR CONTÁBEL

45 WESLEY CORTELETTI POSSATTI PU1CWP C (27) 33495467 zz1cwp@hotmail.com AUXILIAR ADMINISTRATIVO

46 WILMAR BARROS BARBOSA PP1WBB A (27) 33712014 molaslinhares@cdlvirtual.com.br EMPRESÁRIO

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Livros sobre radioamadorismo de graça

Seguem os títulos e endereços para copiar:

Arrl Radio Amateur Satellite Handbook

ham radio Transmission Line Transformers Handbook

The Radio Amateur's Handbook Arrl 2007

Modern Antenna Handbook

Practical Antenna Handbook 4th Edition

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Plano de bandas para radioamadores Classe C - ATUALIZADO!!!

Basta abrir a figura em outra página, clicar com o botão direito, salvar imagem como e salvar no seu computador. Depois é só imprimir e guardar no Shack.

WK.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

CONSULTA PÚBLICA SOBRE PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DO SERVIÇO DE RADIOAMADOR.

Acontece na quinta-feira, 3/9, às 9 horas, a 535ª Reunião do ConselhoDiretor da Agência Nacional de Telecomunicaçõ es (Anatel), tendo empauta, entre outros assuntos, uma consulta pública sobre proposta de alteração do Regulamento do Serviço de Radioamador e consulta apresentada pela empresa PanAmSat Licensee Corporation/ PanAmSat, sobreinterpretação da legislação de telecomunicações.

Noticia veiculada no endereço:
http://agendadoexec utivo.blogspot. com/2009/ 08/anatel- decide-sobre- alteracao- do.html

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

RENER-ES - Novas Portarias Ministeriais

Senhores, encontram-se no Blog da RENER-ES (http://rener-es.blogspot.com) as novas Portarias Ministeriais que substituem:

a Norma de Ativação e Execução dos Serviços da Rede Nacional de Emergência de Radiomadores

e o Manual de Procedimentos - RENER


Materiais disponibilizados a voluntários e não-voluntários para estudos.

Renan de Almeida
Diretor de Assuntos de Defesa Civil da LABRE-ES
Estação RENER Coordenadora Estadual do Espírito Santo

terça-feira, 28 de julho de 2009

A Internacionalização do Mundo

Um pouquinho de nacionalismo e internacionalismo não faz mal a ninguém. Para aqueles que já conhecem vale a releitura.

Longe de ser uma apologia partidária ao Cristovam Buarque, mas um ponto em comum ao seu pensamento.

Para refletir!


A internacionalização do mundo

O Globo-10/10/2000- Cristovam Buarque

Fui questionado sobre o que pensava da internacionalização da Amazônia, durante um debate, nos Estados Unidos. O jovem introduziu sua pergunta dizendo que esperava a resposta de um humanista e não de um brasileiro. Foi a primeira vez que um debatedor determinou a ótica humanista como o ponto de partida para uma resposta minha. De fato, como brasileiro eu simplesmente falaria contra a internacionalização da Amazônia.

Por mais que nossos governos não tenham o devido cuidado com esse patrimônio, ele é nosso. Respondi que, como humanista, sentindo o risco da degradação ambiental que sofre a Amazônia, podia imaginar a sua internacionalização, como também de tudo o mais que tem importância para a humanidade.

Se a Amazônia, sob uma ótica humanista, deve ser internacionalizada, internacionalizemos também as reservas de petróleo do mundo inteiro. O petróleo é tão importante para o bem-estar da humanidade quanto a Amazônia é para o nosso futuro. Apesar disso, os donos das reservas sentem-se no direito de aumentar ou diminuir a extração de petróleo e subir ou não o seu preço. Os ricos do mundo, no direito de queimar esse imenso patrimônio da humanidade.

Da mesma forma, o capital financeiro dos países ricos deveria ser internacionalizado. Se a Amazônia é uma reserva para todos os seres humanos, ela não pode ser queimada pela vontade de um dono, ou de um país.

Queimar a Amazônia é tão grave quanto o desemprego provocado pelas decisões arbitrárias dos especuladores globais. Não podemos deixar que as reservas financeiras sirvam para queimar países inteiros na volúpia da especulação.

Antes mesmo da Amazônia, eu gostaria de ver a internacionalização de todos os grandes museus do mundo. O Louvre não deve pertencer apenas à França. Cada museu do mundo é guardião das mais belas peças produzidas pelo gênio humano. Não se pode deixar que esse patrimônio cultural, como o patrimônio natural amazônico, possa ser manipulado e destruído pelo gosto de um proprietário ou de um país. Não faz muito, um milionário japonês decidiu enterrar com ele um quadro de um grande mestre. Antes disso, aquele quadro deveria ter sido internacionalizado.

Durante o encontro em que recebi a pergunta, as Nações Unidas reuniam o Fórum do Milênio, mas alguns presidentes de países tiveram dificuldades em comparecer por constrangimentos na fronteira dos EUA. Por isso, eu disse que Nova York, como sede das Nações Unidas, deveria ser internacionalizada.

Pelo menos Manhattan deveria pertencer a toda a humanidade. Assim como Paris, Veneza, Roma, Londres, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, cada cidade, com sua beleza específica, sua história do mundo, deveria pertencer ao mundo inteiro. Se os EUA querem internacionalizar a Amazônia, pelo risco de deixá-la nas mãos de brasileiros, internacionalizemos todos os arsenais nucleares dos EUA. Até porque eles já demonstraram que são capazes de usar essas armas, provocando uma destruição milhares de vezes maior do que as lamentáveis queimadas feitas nas florestas do Brasil.

Nos seus debates, os atuais candidatos à presidência dos EUA têm defendido a idéia de internacionalizar as reservas florestais do mundo em troca da dívida. Comecemos usando essa dívida para garantir que cada criança do mundo tenha possibilidade de ir à escola.

Internacionalizemos as crianças tratando-as, todas elas, não importando o país onde nasceram, como patrimônio que merece cuidados do mundo inteiro. Ainda mais do que merece a Amazônia. Quando os dirigentes tratarem as crianças pobres do mundo como um patrimônio da humanidade, eles não deixarão que elas trabalhem quando deveriam estudar; que morram quando deveriam viver.

Como humanista, aceito defender a internacionalização do mundo. Mas, enquanto o mundo me tratar como brasileiro, lutarei para que a Amazônia seja nossa. Só nossa.

(*) Cristovam Buarque, 58, doutor em economia e professor do Departamento de Economia da UnB (Universidade de Brasília), foi governador do Distrito Federal pelo PT (1995-98). Autor, entre outras obras, de "A Segunda Abolição" (editora Paz e Terra).

Nota:

Recebemos um email questionando sobre a autenticidade do texto, pois alguns "web sites" diziam não ser Cristovam Buarque o seu autor. Entramos em contato com Cristovam que confirmou, em 10/05/2002, ser o texto de sua autoria:

"Prezado Paulo

O artigo é meu e foi publicado no Globo e no Correio Brasiliense, no final de 2000. O fato em si ocorreu em Setembro de 2000 em Nova York, durante o State of The World Forum.

Grande abraço

Cristovam"

e mais, em 28 de maio de 2002:

Prezados (as) amigos (as),


Vem sendo distribuido pela internet por diversas pessoas, o que me surpreende agradavelmente, o artigo "A Internacionalização do Mundo". O fato que deu origem a este artigo ocorreu em Nova York, nas salas de convenções do Hotel Hilton, durante o encontro do State of the World Forum, em Setembro de 2000. Publiquei o artigo no Globo e no Correio Braziliense, logo depois. Mas de vez em quando surgem mudanças e informações adicionais nem sempre verdadeiras. É falso que o artigo foi publicado no New York Time e outros jornais estrangeiros. Se tivesse sido eu tomaria certamente conhecimento através de algum amigo.

No mais, fico contente que vocês tenham lido. E para aqueles que ainda não leram aproveito a oportunidade para mandar.

Grande abraço
Cristovam

BIBLIOGRAFIA: INTERNET, http://www.almacarioca.com.br/cro38.htm

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
“During a recent discussion, in the United States, someone asked my opinion regarding the internationalization of the Amazon Region. The youngster asserted that he expected a response of a humanist and not of a Brazilian.


This was the first time anyone had established the humanist viewpoint as the starting point for my response. In fact, as a Brazilian I would have responded simply against internationalization of the Amazon Region. Even if our governments have not given the attention that this treasure deserves, it is ours. I responded that, as a humanist, realizing the risk of environmental destruction that threatens the Amazon Region, I could imagine its internationalization, just as for everything else that is important to humanity.

If the Amazon Region, from a humanist΄s point of view, has to be internationalized, then we should internationalize the oil reserves of the entire the world as well. Oil is just as important to the well being of humanity as the Amazon Region for our future. Nevertheless, the owners of oil reserves feel it is in their right to increase or decrease oil production and to raise or lower the price. The rich of the world, feel they have the right to burn this valuable possession of humanity. Similarly, the financial capital of the wealthy nations should be internationalized. If the Amazon Region is a natural reserve for every human being, then it could not be burned down by the decision of a landowner or a country. To burn down the Amazon Region is so tragic, as the unemployment provoked by the arbitrary decisions of world wide speculators. We cannot permit that the world΄s financial reserves serve to burn down entire nations according to the whims of speculacion.

Before the (internationalization of the) Amazon Region, I would like to see the internationalization of all the world΄s great museums. The Lourve cannot belong only to France. Each museum in the world is a guardian for the most beautiful works produced by the human genius. It cannot be permitted that these cultural possessions, as the natural posession of the Amazon Region, can be manipulated or be destroyed according to the whims of an owner or a country. Recently, a Japanese millionaire decided to have a painting of a grand master burried with him in the grave. This painting should have been internationalized.

At the time of the meeting, in which this question came up, the United Nations convened the Forum of the Millennium and the presidents of several countries had difficulties in attending due to barriers (they faced) at the border. Therefore, I contend that New York, as the base of the United Nations, should be internationalized. At least Manhattan should belong to all of humanity. Similarly Paris, Venice, Rome, London, Rio de Janeiro, Brazilia, Recife, every city with its own beauty, its own history should belong to the whole world.

If the United States wants to internationalize the Amazon Region, due to the risk of leaving it in Brazilian hands, then we should internationalize all the nuclear stockpiles of the United States. Particularly since they have already shown that they are capable of using these weapons, causing a destruction thousands of times greater than the sad fires taken place in the Brazilian forests.

During their debates, the current U.S. presidential candidates have defended the idea of internationalizing the world forest reserves in exchange for the debt. We could begin to use this debt to guarantee the right of every child in the world to attend school. We could internationalize the children treating all of them, regardless of their birthplace, as a posession which deserves the care and attention of the entire world. Even more so than the Amazon Region. When the world leaders attend to the world΄s poor children as possessions of Humanity, they will no longer permit that these children work when they should be studying, that they die when they should be living.

As a humanist I accept to defend the internationalization of the world. So long as the world treats me as a Brazilian, I will fight so that our Amazon Region will be ours. Only ours.”

Text by Cristovam Buarque (Professor of Brasilia University, ex-governor of Brasilia, D.F. and Brazilian Senator). As reported in the Brazilian Daily O Globo on the 23rd of October, 2000.

sábado, 18 de julho de 2009

Morre Walter Cronkite, 'o homem mais confiável da América' - Radioamador KB2GSD SK

Jornalista de 92 anos cobriu importantes fatos históricos dos EUA.

Cronkite era considerado um dos âncoras de maior credibilidade


Apresentador do Vídeo "Amateur Radio Today" de 2003 da ARRL


O jornalista americano Walter Cronkite, um dos âncoras de maior prestígio da TV americana, morreu nesta sexta-feira (17), aos 92 anos. Segundo a emissora CBS, a família informou que Cronkite lutava contra uma doença vascular no cérebro há sete meses.


Conhecido como “o homem mais confiável da América” e lembrado em diversas pesquisas como um dos jornalistas de maior credibilidade nos Estados Unidos, ele apresentou telejornais na CBS entre os anos de 1962 e 1981.

Cronkite participou das coberturas de importantes fatos históricos, como o assassinato do presidente John Kennedy, a guerra do Vietnã, escândalo do Watergate e a chegada do homem à lua.


Cronkite foi considerado o expoente máximo de uma época na qual a figura do âncora acumulava salários milionários, determinava o noticiário emitindo opiniões, monopolizando os grandes eventos, além de influenciar na maneira como o americano deveria pensar.


O modelo combinado de apresentador e editor-chefe de telejornais ainda é referência não só no Estados Unidos como em vários países como o Brasil.

No auge de seus 60 anos de carreira, Cronkite desempenhou um papel crucial na mudança da opinião pública americana sobre a guerra do Vietnã.


Sem paletó, com a manga da camisa dobrada, ele tomou o microfone para anunciar que JFK acabava de ser vítima de um atentado. Uma hora mais tarde, contendo as lágrimas, retirou os óculos de lentes grossas para anunciar ao país a morte de seu presidente.


quinta-feira, 16 de julho de 2009

Número de Radioamadores por Município no Estado do Espírito Santo


Senhores,

em levantamento na Base de Dados da ANATEL, conseguimos abstrair resultados interessantes que darão suporte para as ações da LABRE-ES.

Eventos, repetidores, parcerias, contestes e voluntariado. Qualquer ação que se proponha eficaz deverá observar a quantidade e a distribuição de radioamadores em nosso estado.

Para análise e comentários.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Projeto de antena móvel 5/8 onda para VHF a pedido de colega Renan-PU1ARE.

Esse projeto foi encontrado em um site de RA italiano.
Material necessário:
forma para bobina de material isolante com diametro de 1,5cm.(projeto não especifica comprimento);
fio esmaltado com diametro de 1.0 mm.
haste de metal de 118cm( creio que seria melhor uma haste com dimensões um pouco maior);
conector bnc, SO 239, tipo N, creio q fica a gosto do fregues ou do suporte de antena que ele possui.
Segundo o desenho é construido uma bobina de 10 voltas sobre o isolante com espaçamento de 1.0mm.
A extremidade superior vai a haste que previamente foi entroduzida no material isolante que da forma a bobina.
A extremidade inferior vai ao negativo do conector da antena.
Pelo desenho temos a idéia que o positivo do conector entra por dentro do material isolante da bobina e que é feito um orificio no meio do material isolante da forma da bobina de onde sai um fio para ajustar a antena, soldando esse fio em algum ponto da bobina para ajustar a antena.
Lembrar de raspar bem o esmalte do fio antes de tentar soldar.
Veja o desenho com detalhes:


Sucesso aos colegas que experimentem a montagem dessa antena!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

"Plantação" de antenas parabólicas alimenta as conexões globais dos sul-coreanos rurais

05/07/2009


Choe Sang Hun

Em Yeongju (Coreia do Sul)
Lee Si-kap, um fazendeiro tímido que mora nessa cidade do centro da Coreia do Sul, é dono de um recorde: ele tem mais antenas parabólicas do que qualquer outro sul-coreano - 85 delas, recebendo mais de 1.500 canais de televisão via satélite de mais de 100 países, alguns de lugares tão distantes quanto a África do Sul e Canadá.

Para os passantes, a casa de Lee se destaca como um ponto de exclamação no cenário comum do interior, salpicado de pomares de maçãs e campos de ginseng. Antenas parabólicas cobrem seu telhado como cogumelos de aço gigantes. Elas se espalham por seu jardim da frente e florescem na área atrás de sua casa, algumas com até 5 metros de diâmetro.

  • New York Times
Antes considerado como o excêntrico do vilarejo, Lee surgiu recentemente como um herói de fama modesta, mostrado na televisão nacional como o "homem-antena". Desde o ano passado, ele e milhares de colegas entusiasmados com os satélites - incluindo maridos com esposas estrangeiras e algumas almas dedicadas a buscar sinais de formas de vida extraterrestres - começaram uma campanha para instalar antenas parabólicas gratuitas para as esposas pobres que vivem na Coreia do Sul rural, para elas receberem transmissões de seus países de origem.

"Graças a Lee, eu não sinto mais tanta falta do meu país, da minha mãe e meu pai como antes", disse Bui Thi Huang, uma esposa de 22 anos de Haiphong, Vietnã, que vive em Yeongju, a cerca de 160 quilômetros ao sudeste de Seul.

Nos últimos anos, o interior da Coreia do Sul presenciou um aumento de esposas vindas de países mais pobres como o Vietnã, China e Filipinas.
Como Bui, elas se casam com fazendeiros sul-coreanos que têm dificuldade de encontrar esposas porque muitas mulheres sul-coreanas rejeitaram a vida rural e migraram para as cidades.

Em cidades como Yeongju, essas jovens esposas se tornaram o alicerce da economia local. Elas trabalham junto com os maridos nos campos e trouxeram de volta um som que estava rapidamente se tornando uma memória distante entre a população rural em envelhecimento daqui: o choro dos bebês.

Na Coreia do Sul, que antes se orgulhava de ser uma sociedade homogênea, quatro entre dez mulheres que se casaram em comunidades rurais no ano passado são nascidas no estrangeiro. Só em Yeongju, o número de mulheres estrangeiras aumentou 28% no último ano e meio, para 250, metade delas vindas do Vietnã.

"Essas mulheres têm dificuldade em se adaptar. Os governos locais, e os maridos, normalmente se concentram apenas em torná-las 'coreanas', ensinando-as a língua e como usar o computador", disse Lee, 39, que nunca se casou. "Eles não entendem muito como essas mulheres se sentem isoladas."

  • New York Times
Quando Lee, que vive com sua mãe de 80 anos de idade e com seu avô de 97, não está brincando com seu equipamento de satélite, ele cuida de seus campos de pimenta e gergelim ou passeia por vilarejos próximos para ver se alguma esposa estrangeira está tendo problemas com sua recepção de TV.

Lee e seus amigos ainda encontram objeções dos maridos que estão determinados a protegerem suas esposas estrangeiras de qualquer lembrança de suas terras natais, por medo de que isso apenas aumente suas saudades de casa. Mas eles são encorajados por muitas famílias que dizem que assistir as transmissões via satélite de seus países na verdade ajuda as mulheres a superarem a solidão e se ajustarem melhor à vida aqui.

Lee diz que sua simpatia pelas esposas estrangeiras vem em parte de sua própria experiência de se sentir isolado da sociedade.

Ele se sentiu profundamente magoado quando seu pai abandonou ele e sua mãe quando ele era pequeno, e, sem autoconfiança, ele teve dificuldade em fazer amigos no bairro e na escola. Ele raramente saía do vilarejo, e disse que ainda tem medo de fazer telefonemas.

O que o salvou, disse ele, foi a "música - e a televisão via satélite".

"A música era minha única amiga", disse Lee, cujo sonho é conhecer seu ídolo, o cantor de heavy metal norte-americano Ronnie James Dio. "E como era difícil ver rock na televisão coreana, eu fui buscar a televisão via satélite."

A televisão via satélite o introduziu a um mundo mais amplo - ao beisebol japonês, à vida nas ilhas do Pacífico, à música folclórica russa e às religiões da Índia e do Nepal.

Ele instalou sua primeira parabólica em 1992, quando tinha 23 anos e já havia voltado à atividade rural depois de se formar em eletrônica.
Colecionado parabólicas de segunda mão se tornou desde então um hobby que chega perto da obsessão. Quando a maioria dos fazendeiros daqui olha para o céu, eles leem as nuvens para prever o tempo. Quando Lee o faz, diz que imagina os satélites em órbita da terra. Para ele, o ar está cheio de sinais de transmissão, "como sementes voadoras".

Os fazendeiros daqui primeiro não sabiam o que pensar de seu vizinho solteiro, que ouvia música heavy metal, cantando em voz alta as letras em inglês e às vezes em japonês. Eles o viam no telhaddo sob o sol forte do verão ou sob o céu estrelado de inverno, durante horas mexendo em seu equipamento.

Apesar de não compreender a maioria das línguas das transmissões que recebe, Lee diz: "Isso vira um vício. Quanto mais parabólicas você tem, mas canais você consegue receber."

"Nada se compara à alegria de captar um novo canal de um país distante", diz ele. "É como pescar um peixe grande. É a excitação de descobrir algo além das fronteiras de seu mundo habitual."

Tradução: Eloise De Vylder

domingo, 5 de julho de 2009

Faça uma antena HF multi banda móvel você mesmo! Autoria OE3MZC.

A antena já pronta com tamanho físico de 160cm com os "taps" para seleção da banda de operação.

A operação móvel nas bandas de HF requer um sistema de antena de alta eficiencia , duravel e que ofereça pouca resistencia ao vento. Existem muitos problemas fisicos quando estamos desenvolvendo uma antena desse tipo como os listados abaixo:

dimensões físicas; banda passante; ser multbanda; potencia de trabalho; aterramento; poder ser montada no veículo; custo; diametro de bobinas e etc.

As descrições a seguir creio servir com um guia de como você mesmo construir a antena móvel HF usando uma antena móvel para PX.

Compre uma antena para PX com 160cm de comprimento, ela deve ser constituida de uma bobina enrolada em uma haste de fibra de vidro com outra haste de metal na extremidade para ajuste;

Remova todo o material isolante que esteja cobrindo a antena;

Remova toda a as espiras que por ventura vierem a fazer parte da bobina da antena deixando somente a haste de fibra com o conector em uma extremidade e a vareta de ajuste na outra extremidade;

Estanhe bem a extremida da haste de fibra onde encontra-se a parte metálica no topo e na base da haste de fibra de vidro;

Você agora irá precisar de 10 a 15 metros de fio esmaltado com 0.07mm de boa qualidade (quando for comprar, leve uma bússula, se ao aproximar a bússula do fio a agulha se mover é sinal que o cobre não é bom. Contribuição do Matos-PY1WG);

Para enrolar o fio na haste de fibra, você pode utilizar uma furadeira, bastando conectar a haste no mandril da furadeira; (Muita atenção quando utilizar a furadeira!)

Após coberta a haste de fibra de vidro com as espiras de fio bem apertadas, estanhe as extremidades do fio e cubra as partes metálicas da base e do topo da haste de fibra;

Solde as espiras nas partes metálicas da base e do topo da haste de fobra;

Monte a antena no suporte do carro e verifique a frequencia de ressonancia com um analizador de antena ou um medidor de ROE e um transmissor em baixa potência;

A frequencia medida que apresentar a mais baixa ROE deve ser mais baixa que a baixa frequencia que você quer trabalhar movel, geralmente abaixo dos 7MHz.

Agora corte um pedaço de fio isolado com tamanho maior que duas vezes o tamanho fisico da antena;

Solde esse uma das extremidades do fio a base metálica da haste de fibra onde foi previamente soldado as espiras;

Enrole esse fio com voltas espaçadas sobre a haste já previamente coberta pelas espiras de cobre até chegar a parte metálica do topo da haste de fibra e solde a extremidade do fio na parte metálica do topo da haste de fibra;

Monte novamente a antena no suporte do carro e verifique a frequencia ressonante para a mais baixa ROE
acima de 29MHz, quando o fio isolado soldado em ambas extremidades esta curtocircuitando as espiras da antena;

Remova o fio que esta soldado a extremidade metálida da antena, e o solde no meio da bobina enrolada sobre a a haste de fibra, retire bem o esmalte que cobre o fio da bobina antes de soldar;

Monte novamente a antena no suporte do carro e verifique a frequencia ressonante para a mais baixa ROE.

Tome nota e faça um gráfico de frequencia versus distancia como na figura abaixo:

Você agora já mediu 3 frequencias diferentes e agora esta hábil para identificar os outros pontos da bobina;
ressonantes em cada banda;

Solde conectores em cada ponto de melhor ressonância para cada banda e cubra cada seção com termo retratil.

Depois disso sua antena estará pronta e funcionará bem em todas as bandas.

A potência máxima é de 150-200Watts. Continuo conectada ao carro a uma velocidade de 180Km/h, segundo o autor.

Adicionando uma haste de 110cm no topo da antena, ela também trabalhará nas bandas de 75 e 80 metros.

Abaixo você pode ver um desenho com o principio de operação da antena. O conceito é baseado em uma bobina que é curto circuitada em algumas seções para diferentes bandas de operação. It is important to shorten from bottom to top, in order to maintain good efficency and high Q and good radiation( será que ele queria dizer que é importante a boa conexão entre a base e os taps de cada banda?).

Altas correntes estão circulando na base da antena.Não é necessário acoplador para a utilização da antena.


Projetos de antenas para radio amadorismo no blog do PU2SWG.


Esta sendo disponibilizado uma compilação sobre antenas e sua contrução no blog Radio atividade do Josemar PU2SWG.

O melhor de tudo: Totalmente liberado para download em portugues!

Muito obrigado Josemar PU2SWG pelo trabalho realizado a favor de nosso hobby.

Vizitem e comentem! http://pu2swg.blogspot.com/


quinta-feira, 18 de junho de 2009

Vale a pena conferir

ADAPTADOR PARA GP78 SMA X BNC
ANTENAS DIAMOND BNC 5/8 HT
ANTENAS HELLIFLEX BNC HT
ANTENA 1/4 DE ONDA COM MOLA FLEXIVEL
MIC PTT LAPELA PARA ICOM
MIC PTT LAPELA PARA YAESU
MIC PTT LAPELA PARA KENWOOD
PTT PARA HT ICOM
PTT PARA HT YAESU
PTT PARA HT KENWOOD
PTT PARA HT GP78
PTT LARINGOFONE PARA ICOM
MULTIMETRO DIGITAL
BATERIA PARA ICV68 E OUTROS
BATERIA PARA FT60R E OUTROS
BATERIA PARA FT411
SUPORTE PTT FLURESCENTE ADESIVO
SUPORTE PTT IMÃ
CABO PS27 PL259 X PL259
CABO PARA ANTENA DE TETO
CABO PARA SUPORTE COM CONECTOR TIPO L
CAPA DE COURO COM ALÇA PARA ICV8
MEDIDOR DE SWR 1.8 A 150 MHZ

Atenciosamente,
MARCO AURÉLIO TOLEDO
msn: aureliotoledo@hotmail.com
skype: marco.toledo6Campos dos Goytacazes - RJ

quarta-feira, 17 de junho de 2009

ARRL HAND BOOK 2005 PARA DOWNLOAD!

Esta disponibilizado no Blog da Feirinha Digital para download o ARRL Hand Book 2005 totalmente grátis!
No endereço:
http://feirinhadigital.blogspot.com/
Vale a pena dar uma conferida.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

RENER - Recadastramento e Carteirinhas

Prezados Senhores,

será realizado até o dia 30/06/09 o recadastramento de voluntários da RENER-ES. Para tanto, solicitamos que encaminhem e-mail para o Coordenador Nacional da RENER, Sr. Paulo Cesar(paulo-cesar.santos@integracao.gov.br), com os dados de sua estação atualizados.

Solicitamos também que os responsáveis pela inscrição de outros companheiros incentivem os mesmos a atualizarem seus dados cadastrais. O não recadastramento implicará em complicações para a atualização da Carteirinha da RENER.

As carteirinhas da RENER estão fora da validade e, portanto deverão ser devolvidas para a confecção de novas. Conforme encaminhamento do Coordenador Nacional, o voluntário possuidor de carteirinha que não devolver não receberá a nova. Isto inviabiliza sua identificação como voluntário. Para a entrega das carteirinhas, favor entrar em contato comigo via cel 27-99998525, ou e-mail renanalmeida@hotmail.com

Favor auxiliar o aviso aos demais voluntários.

Maiores informações pela frequência 146610

Renan de Almeida - PU1ARE
Estação RENER Coordenadora Estadual do Espírito Santo
Diretor de Assuntos de Defesa Civil da LABRE-ES